deutsch deutsch


O Sistema Automático de Análise no Filtro de Membrana da JOMESA:
Análise de Sujidade, Processo de Medição, A Patente de Identificação Metal Não Metal, Avaliação de Amostra, Limpeza do Óleo

JOMESA HFD: Especificações da Análise de Sujidade



Os produtos técnicos avançados na indústria automotiva, de aeronaves e médica exigem componentes limpos, consequentemente a sujidade é mensurada através da análise de membranas filtrantes que contêm a sujidade dos componentes lavados, de acordo com as normas VDA Vol. 19 e ISO 16232

A contagem de partículas automatizada e a análise por microscópio começou por volta do ano 2000 e atualmente é o principal método para análise de filtro.
Na Europa em 2012, foram realizadas aproximadamente 1.000 instalações de microscópio
s para análise de sujidade e cerca de 32 laboratórios executam o serviço de análise de sujidade com contagem de partículas nos microscópios, incluindo prestadores de serviço.

Quais são as razões para esse aumento?

Tolerâncias menores tornam os sistemas mais sensíveis à sujeira

Limpeza técnica e vida útil dos sistemas/ componentes estão correlacionados

Partículas e resíduos de grandes dimensões (killer particles) podem causar perda de função

A fadiga está correlacionada com superfícies danificadas

Ruídos estão correlacionados com superfícies danificadas

Leis de reciclagem exigem produtos livres de chumbo (uma menor quantidade de sujeira é tolerada)


Bloco de rolamentos

Bloco de válvulas

Bloqueio de bicos

Curto-circuito

Virabrequim, turbocompressor, pistão

ABS, hidráulica

Injetores, sistemas de combustível

Elétrico










Exemplos no showroom da JOMESA:



Regiões críticas de blocos de motores: áreas de pistão, área de óleo pressurizada. Aqui temos um exemplo de um grande bloco de motor com 12 cilindros onde a tolerância de sujeira é muito pequena devido à alta potência de saída.

Arranhões nas áreas dos pistões reduzem a eficiência do consumo de combustível e elevam o escape de óleo e poluentes.



Virabrequins mesmo que pequenos como em um pistão, são componentes críticos com relação à sujeira.



Rolamentos (entre o virabrequim e o bloco do motor), devem ser livres de chumbo em carros modernos, por causa das exigências de reciclagem.

Rolamentos livres de chumbo são mais vulneráveis e possuem uma tolerância menor contra as partículas de sujeira.



Todas as peças que estão em contato com óleo ou área pressurizada (como bielas, engrenagens e correntes) são sensíveis à sujeira.

Especialmente quando as peças se conectam a grandes forças e altas velocidades, as partículas de sujeira não são permitidas. Elas podem levar a uma falha do sistema (pior caso), aumento de ruídos, redução da vida útil ou mau funcionamento.



Todas as molas em qualquer área de óleo de uma transmissão ou grupo propulsor podem contribuir para a soma de sujeira residual.
Ao especificar a contagem de partículas por área (por 1000cm²), a contribuição proporcional é avaliada de forma correta.



Uma das primeiras áreas a exigir uma análise granulométrica, devido à grande quantidade de sujeira residual crítica: componentes de injeção de combustível, canais de diesel pressurizado e válvulas de injeção.
Estas peças são extremamentes sensíveis à sujeira. De acordo com as especificações não são aceitas partículas residuais sólidas maiores do que 200 µm. Há casos em que as especificações são ainda mais rigorosas.



O turbocompressor opera com uma elevada rpm (rotação), dessa forma uma pequena partícula é capaz de causar um grande dano.



Com um alto nível de sujeira residual essas partes também estão no grupo das primeiras áreas a exigir a análise de tamanho de partículas: componentes ABS/ ESB.
Tolerâncias pequenas e altas pressões nos componentes do bloco de controle de pressão, levam a especificações rigorosas de sujeira.



O sistema de direção com alta pressão e pequenas aberturas de válvulas, são muito sensíveis a partículas solidas.


Quando há a necessidade de avaliação do grau de limpeza, essas peças devem ser lavadas de alguma forma (por enxágue ou ultrassom).
Após, o líquido de lavagem vai conter todas as partículas residuais, este líquido é filtrado e o filtro analisado.
O processo para análise do filtro de membrana é descrito em nossa página: Processo de Medição